Por ti, para ti

Caloiros

Tu que és novo na ESTeSC e possivelmente em Coimbra encontras aqui o teu guia de “sobrevivência”.

Audiologia

O audiologista actua nas áreas da prevenção, diagnóstico, reabilitação, ensino e investigação. Planeia e desenvolve acções de sensibilização à população em geral. Planifica, executa e analisa exames complementares de exploração funcional clássica e electrofisiológica, de modo a identificar, quantificar e qualificar anomalias do sistema audio-vestibular e facial. Participa no estabelecimento de programas de reabilitação auditiva, integrando-se em equipas multidisciplinares, cabendo-lhe a selecção da ajuda técnica mais adequada. Participa no planeamento e execução de acções que visam a melhoria funcional do sistema do equilíbrio.

Saídas profissionais:

  • Serviços de Audiologia e/ou ORL;
  • Centros de Reabilitação Auditiva;
  • Maternidades,
  • Serviços de Pediatria;
  • Centros de saúde;
  • Escolas, Autarquias, Casas do povo, Empresas, Lares de terceira idade.

Ciências Biomédicas Laboratoriais

O curso de Ciências Biomédicas Laboratoriais visa formar diplomados com um perfil profissional caraterizado por uma série alargada de capacidades e competências que lhes permitam abranger a área das análises clínicas e saúde pública e da anatomia patológica, citológica e tanatológica, capacitando os recém-formados para atuarem nas áreas da bioquímica clínica, microbiologia, imunologia, hematologia, imunohematologia, histocompatibilidade, genética, patologia molecular, biologia celular, saúde pública, histopatologia, citopatologia, imunocitoquimica, tanatologia, tecnologias forenses, histoenzimologia e citometria de fluxo.

As Ciências Biomédicas Laboratoriais são uma área científica inerente à investigação clínico-laboratorial contribuindo para a prevenção, o rastreio, o diagnóstico e o prognóstico da doença.

O curso assenta num modelo científico-pedagógico de ensino teórico integrado com ensino prático e estágios, adequados ao perfil de competências de saída.

Saídas profissionais:

  • Os licenciados em Ciências Biomédicas Laboratoriais poderão desenvolver a sua atividade em contextos tão diversos como:
  • Laboratórios clínicos do serviço nacional de saúde, laboratórios privados, laboratórios de saúde pública, de histocompatibilidade, de anatomia patológica, de genética e de tanatologia forense, de biologia celular, de histologia e embriologia, entre outros
  • Laboratórios de investigação em instituições públicas e na indústria
  • Pode ainda exercer a sua atividade em laboratórios de patologia animal (veterinária)
  • No ensino e investigação de instituições do ensino superior

Dietética e Nutrição

A Nutrição clínica tem em consideração especial a terapêutica, o ensino e a prevenção. A Dietética é uma área de intervenção interdisciplinar cujo objectivo primordial consiste na aplicação das ciências da nutrição e da dietética, prevenindo e tratando doenças, e promovendo a educação da saúde, a nível individual e colectivo, tendo também relevo nas áreas da investigação, gestão e ensino.

Saídas profissionais:

  • Unidades hospitalares e clínicas, públicas e privadas;
  • Centros de Saúde/ Unidades de Saúde Familiar;
  • Lares de idosos, creches, clubes desportivos;
  • Ensino e investigação;
  • Cantinas escolares, universitárias e refeitórios colectivos;
  • Indústria alimentar e hoteleira;
  • Empresas;
  • Ginásios.

Farmácia

O curso de Licenciatura em Farmácia da ESTeSC tem como objectivo atribuir competências técnicas e científicas sobre o medicamento e a farmácia, assente na componente relacional de atitudes e comportamentos específica de um profissional de saúde. O Licenciado em Farmácia prepara, fornece e distribui medicamentos, produtos químicos e eventualmente produtos cosméticos, segundo fórmulas farmacêuticas e prescrição terapêutica. A evolução e a inovação, bem como, as novas exigências na prestação de cuidados de saúde às populações traduzem-se numa crescente responsabilidade e participação deste profissional no seio das equipas de saúde.

Saídas profissionais:

  • Farmácias Hospitalares;
  • Farmácias de Oficina/Comunitárias;
  • Farmácias Militares;
  • Farmácias Prisionais;
  • Administrações Regionais de Saúde;
  • Centros de Saúde, Indústria Farmacêutica;
  • Informação Médica;
  • Ensino e Investigação.

Fisiologia clínica

O licenciado em Fisiologia Clínica exerce funções autónomas, inseridas em equipas multidisciplinares, em áreas que vão desde o estudo morfo-funcional e fisiopatológico do coração, vasos e pulmões, ao registo da atividade bioelétrica do Sistema Nervoso Central e Periférico.

É da sua responsabilidade o planeamento, a programação, a execução e análise de meios complementares de diagnóstico visando a identificação, prognóstico e follow-up de processos fisiopatológicos na área da Cardiologia, Neurofisiologia e Pneumologia, correlacionando a presença e evolução das patologias com os resultados obtidos. Compete-lhe igualmente o desenvolvimento de ações terapêuticas específicas, efetuando a integração dos resultados dos estudos transversais às especialidades referidas, dos métodos e das técnicas em função da prescrição médica, elaborando relatórios técnicos sobre os dados obtidos, as condições de realização dos exames, variáveis influenciadoras e os eventos clínicos observados.

Neste contexto, o licenciado em Fisiologia Clínica tem competências para atuar nas seguintes áreas:

  • Estudos da função respiratória
  • Estudos do sono e ações terapêuticas específicas, no âmbito das alterações respiratórias e neurológicas do sono
  • Estudos morfo-funcionais vasculares não invasivos e ações terapêuticas
  • Estudos da atividade bioelétrica (espontânea ou em resposta a estímulos) do sistema nervoso central e periférico, nomeadamente electroencefalografia (e suas variantes), estudos de condução nervosa e eletromiografia, potenciais evocados multimodais, monitorizações neurofisiológicas pré, intra e pós-operatórias
  • Estudos cardiovasculares não invasivos
  • Estudos cardiovasculares invasivos
  • Estudos em perfusão cardiovascular

Saídas profissionais:

  • Unidades hospitalares do sector público e privado;
  • Centros ou institutos de diagnóstico e terapêutica públicos ou privados;
  • Centros de Saúde;
  • Clínicas e Consultórios Médicos;
  • Centros de Medicina Desportiva e Ginásios;
  • Empresas de Equipamentos Hospitalares;
  • Companhias de Seguro;
  • Investigação e Ensino.

Fisioterapia

O curso de Fisioterapia visa a formação de um licenciado que deverá revelar um perfil mínimo de competências necessárias ao exercício qualificado da fisioterapia, incluindo as específicas da profissão, as genéricas e habilitadoras, as relacionadas com as bases científicas da fisioterapia e as referentes aos contextos da prestação de serviços. O Fisioterapeuta actua na recuperação, reeducação, reabilitação e prevenção de incapacidades originadas por disfunções físicas, do foro funcional músculo-esquelético, cardiovascular, respiratório, neurológico e disfunções psíquicas, com o objectivo de desenvolver a máxima funcionalidade e qualidade de vida das pessoas.

Saídas profissionais:

  • Hospitais;
  • Clínicas e centros de reabilitação;
  • Centros de saúde;
  • Centros e clubes desportivos;
  • Lares de idosos;
  • Piscinas terapêuticas;
  • Escolas e Instituições de Ensino Especial;
  • Fábricas;
  • Companhias de Seguros;
  • Estabelecimentos Termais.

Imagem Médica e Radioterapia

A licenciatura em Imagem Médica e Radioterapia visa a formação para o exercício das profissões de Radiologia, Radioterapia e Medicina Nuclear, formando profissionais de saúde de excelência e altamente diferenciados, com elevado conhecimento em proteção contra as radiações ionizantes, dosimetria e controlo de qualidade. Estes profissionais serão aptos para realizar funções em todas as valências da Radiologia, Radioterapia e Medicina Nuclear, entre as quais se destacam a: Radiologia Geral, Tomografia Computorizada, Angiografia, Ressonância Magnética, Mamografia, Osteodensitometria, Ultrassonografia, Radiofarmácia, Medicina Nuclear Convencional, Tomografia de Emissões de Positrões, Hematologia Nuclear, Doseamentos de Radioimunoensaios e Radioterapia, onde desenvolve um conjunto de atividades terapêuticas, essencialmente na área da Oncologia.

Para além da área de diagnóstico, o licenciado em Imagem Médica e Radioterapia intervém ao nível da prevenção, promoção da saúde, terapêutica, investigação, gestão e ensino.

Saídas Profissionais:

  • Hospitais;
  • Maternidades;
  • Centros de Saúde;
  • Clínicas;
  • Consultórios;
  • Centros Desportivos;
  • Companhias de Seguros;
  • Indústria Farmacêutica;
  • Empresas de Electro-medicina;
  • Investigação.

Saúde Ambiental

O curso de Saúde Ambiental forma profissionais de saúde aptos a intervir na prevenção e resolução de problemas de saúde provocados por factores ambientais. O Técnico de Saúde Ambiental colabora em acções de vigilância sanitária e monitorização dos factores do ambiente biofísico através de acções de observação e medição sistemática, com vista à identificação, prevenção e correcção dos factores de risco para a saúde. Pode desenvolver actividades no âmbito da saúde, higiene, segurança e defesa do ambiente.

Saídas Profissionais:

  • Hospitais públicos e privados;
  • Centros de Saúde;
  • Empresas Prestadoras de Serviços de Higiene e Segurança no Trabalho;
  • Organismos públicos/privados na área do ambiente;
  • Companhias de Seguros;
  • Ensino e Investigação.